Mészáros e a Incontrolabilidade do Capital

March 31, 2015

 

Autora: Maria Cristina Soares Paniago

 

ISBN: 978-85-65999-11-3

 

Edição: 2ª – revista e ampliada

 

Páginas: 160

 

Preço: R$ 8,00 + frete

 

Clique aqui para baixar este livro grátis em PDF

 

Orelha: Quem já teve a oportunidade de ao menos folhear a mais monumental das obras de István Mészáros, Para além do capital – rumo à teoria da transição, tem alguma noção do tamanho e da envergadura das teses centrais deste que pode ser considerado o mais contundente e criativo pensador marxista contemporâneo. Obviamente que, nestes termos, o enfrentamento de qualquer uma delas requer necessariamente a apreensão de todas as demais, já que este autor constitui o seu pensamento sempre em forma de síntese.

Foi, portanto, com muita coragem e determinação que Maria Cristina Soares Paniago impôs-se o desafio de realizar um estudo pioneiro e minucioso acerca da incontrolabilidade do capital, tese que além de sediar os cinco capítulos iniciais – aqueles de maior densidade filosófica - habita cada poro daquela obra.

Muito mais do que um estudo exegético, de caráter acadêmico, Maria Cristina Soares Paniago apresenta uma ferramenta indispensável a todos os que se dispuserem à luta a ser travada por uma revolução social intrinsecamente positiva, no decorrer da qual os indivíduos associados, e no controle efetivo do processo, possam transformar, de cima a baixo, as condições de sua existência social, material e, consequentemente, todo o seu modo de ser.

 

Maria Orlanda Pinassi, 2007.

 

Sumário:

NOTA À 2ª EDIÇÃO

PREFÁCIO

INTRODUÇÃO

 

CAPÍTULO 1 - CONCEPÇÃO MARXIANA DE CAPITAL, SEGUNDO MÉSZÁROS

1.1 Desenvolvimento Histórico do Capital ao Capitalismo

1.2 Personificações do Capital e Comando sobre o Trabalho

1.3 Exigências Reprodutivas do Sistema Orgânico do Capital

1.4 Contradições Imanentes e Natureza de Causa Sui

1.5 Esgotamento dos Ajustes Estratégicos

 

CAPÍTULO 2 - CRISE ESTRUTURAL E ATIVAÇÃO DOS LIMITES ABSOLUTOS DO SISTEMA DO CAPITAL

2.1 Produção Genuína e Produção Destrutiva

2.2 Crise Estrutural e Rejeição do Capital às Restrições

2.3 Fundamentos da Crise Estrutural

2.4 Ativação dos Limites Absolutos

 

CAPÍTULO 3 - ESTADO E CAPITAL : UMA RELAÇÃO DE COMPLEMENTARIDADE NA BASE MATERIAL

3.1 Por que a necessidade do Estado Moderno?

3.2 Ação Corretiva e Coesiva do Estado Moderno

3.3 Elementos Constitutivos da Reciprocidade Dialética entre Estado e Capital

3.4 Defeitos Estruturais do Sistema do Capital

3.5 Diferenças Estruturais de Funções

 

CAPÍTULO 4 - DESAFIO HISTÓRICO DA OFENSIVA SOCIALISTA

4.1 Fracasso do Reformismo e Luta Emancipatória do Trabalho

4.2 Política Defensiva , Parlamento e o Poder Material do Capital

4.3 Condições Objetivas da Ofensiva Socialista

4.4 Sujeito Ativo da Alternativa Socialista

 

CAPÍTULO 5 - INCONTROLABILIDADE DO CAPITAL

5.1 Fundamentos Ontológicos da Incontrolabilidade do Capital

5.2 Unidades Industriais e a Questão do Controle sobre o Sistema Global

5.3 Concepções Existentes de Controle

5.4 O Sistema do Capital é Irreformável e Incontrolável

 

CONCLUSÃO

BIBLIOGRAFIA

Tags:

Please reload

Publicações

A Impossib...

1/50
Please reload

Cursos e conferências

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Postagens recentes
Please reload

Todas as postagens
Please reload

Siga-nos
  • Google+ Basic Square

Todas as informações deste site podem ser reproduzidas por qualquer veículo de comunicação,
desde que citada a fonte, mantida a integralidade do material e sem uso comercial.