Método Científico uma abordagem ontológica

April 1, 2015

 

Autor: Ivo Tonet

 

 

1ª Edição, 2013

 

 

ISBN: 978-85-65999-14-4

 

 

Páginas: 136

 

 

Disponível apenas para baixar em PDF.

 

 

Clique aqui para baixar este livro grátis em PDF

 

Orelha: Quando se fala em método científico pensa-se imediatamente na ciência moderna. Esta maneira de abordar a questão do método se tornou tão avassaladora que método científico se tornou sinônimo de método científico moderno. Por sua vez, método científico moderno se tornou sinônimo de caminho único e adequado de produzir conhecimento verdadeiro. Nosso objetivo, nesta obra, é questionar essa abordagem, deixando claro que ela induz a um falseamento da problemática do conhecimento, com graves consequências para a compreensão da realidade social. Pretendemos mostrar que a justa compreensão da problemática do conhecimento implica tratá-lo sempre em sua articulação com o conjunto do processo histórico e social. Buscaremos, para isso, mostrar como essa questão foi pensada desde que, com a filosofia grega, teve início uma reflexão sistematizada. Procuraremos, ao mesmo tempo, expor os fundamentos das diversas abordagens que foram surgindo ao longo do processo histórico e as rupturas fundamentais que aconteceram entre elas. Esta forma de abordar a problemática do conhecimento nos permitirá, também, sustentar que Marx, respondendo às demandas essenciais da classe trabalhadora, lançou os fundamentos de um paradigma científico-filosófico radicalmente novo e que este paradigma é o que melhor permite compreender a realidade social.

 

Sumário:

 

Apresentação de Belmira Magalhães

 

Introdução

 

Capítulo 1. Dois caminhos

 

Capítulo 2. O padrão greco-medieval: centralidade da

objetividade

2.1 Um pressuposto fundamental

2.2 O padrão greco-medieval

 

Capítulo 3. O padrão moderno: centralidade da subjetividade

3.1 O surgimento do mundo moderno

3.2 Origem, natureza e função social da ciência moderna

3.3 Origem, natureza e função social das Ciências Sociais

3.4 A centralidade da subjetividade na atualidade: formas e

consequências

 

Capítulo 4. O padrão marxiano

4.1 Origem, natureza e função social

4.2 Natureza do método

4.2.1 Ontologia e método: questões introdutórias

4.2.2 Ontologia marxiana e ontologia greco-medieval

4.2.3 O ponto de partida e seus desdobramentos

4.3 A problemática do conhecimento

4.4 A questão do método

 

Conclusão

 

Bibligrafia

 

Tags:

Please reload

Publicações

A Impossib...

1/50
Please reload

Cursos e conferências

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Postagens recentes
Please reload

Todas as postagens
Please reload

Siga-nos
  • Google+ Basic Square

Todas as informações deste site podem ser reproduzidas por qualquer veículo de comunicação,
desde que citada a fonte, mantida a integralidade do material e sem uso comercial.